Decreto define que PCDF reinvista dinheiro de lavagem em futuras investigações

Postado em 14/06/2019                         

O valor será destinado no Fundo de Modernização, Manutenção e Reequipamento da Polícia Civil do DF – FUNPCDF

O combate à lavagem de dinheiro vem sendo fortalecido pela Polícia Civil do DF. Os crimes, previstos na Lei Federal nº 9.613/1998, de 3 de março de 1998, são decorrentes de valores obtidos ilicitamente pela prática de outros crimes, como desvio de recursos públicos, tráfico de drogas e corrupção, que também estão sendo combatidos com mais afinco pelo órgão.

Na última segunda-feira (10), o governador Ibaneis Rocha assinou o
Decreto n.º 39.872/2019 que garante que os valores recuperados em investigações neste quesito sejam reinvestidos em novas buscas criminais, modernização e manutenção do aparato policial, infraestrutura, tecnologia e atualização das delegacias especializadas no combate à lavagem de dinheiro. De acordo com o diretor geral da PCDF, Robson Cândido, “Temos uma coordenação para trabalhar somente com esse tipo de investigação e esse decreto do governador vai impulsionar novas investigações, em benefício da sociedade do Distrito Federal”.

O valor obtido nas investigações será destinado para o Fundo de Modernização, Manutenção e Reequipamento da Polícia Civil do Distrito Federal – FUNPCDF. Para a Divisão de Comunicação da Polícia Civil (DIVICOM), o decreto é importante porque traz “o fortalecimento no combate à corrupção e à lavagem de dinheiro o que, em análise mais ampla, garante que os recursos públicos sejam aplicados onde a população será diretamente beneficiada, como na saúde e na educação”.

Concurso PCDF                                                                                                

Com o novo decreto, o órgão assume novas responsabilidades com as suas diretrizes, sendo um dos locais mais concorridos quando se trata de concurso público. No último edital, a Polícia Civil recebeu cerca de 23.472 inscrições para os cargos de Escrivão e Agentes. As remunerações oferecidas chegavam a R$ 15.370,64.

Com o novo certame em fase de escolha da banca examinadora, a expectativa é que o edital seja publicado em julho deste ano. A DIVICOM do órgão informou ainda que já tem uma seleção autorizada para o cargo de Escrivão com 300 vagas, entretanto, o concurso para Agentes de Polícia está em fase de autorização. 

Com o gradativo aumento do déficit de profissionais na ativa, a expectativa é que o concurso ofereça mais do que as 1.500 vagas anunciadas anteriormente. Contudo, ainda não se sabe, de fato, qual será o quantitativo a ser disponibilizado e não há cronograma oficial definido.

Preparação

Tendo em vista os esforços no combate à corrupção e à lavagem de dinheiro, o retorno garantido pelo decreto vai auxiliar na entrada de novas carreiras, investindo em ambientes e condições de trabalho melhores, que podem, inclusive, aumentar ainda mais a demanda de pessoal. A concorrência, entretanto, não deve ser um fator de escolha na hora de se inscrever e sim, quais são os seus objetivos de vida e carreira.

No IMP Concursos, o curso da PCDF tem conteúdos específicos, tanto para os que buscam carreira de Escrivão, quanto para os que buscam o de Agente. Todo o conjunto de materiais é produzido por profissionais especializados, que oferecem o suporte necessário ao aluno.

                                     

Últimas Publicações

Postado em 11/12/2019

CGDF: previsão de edital em 2020

O certame CGDF ofertará 234 vagas imediatas … Continue lendo...

Postado em 10/12/2019

Postado em 10/12/2019

RioSaúde/RJ: inscrições encerram HOJE, 10/12!

O certame RioSaúde oferece 2.717 vagas para … Continue lendo...

Cadastre-se

Fique por dentro de todas as novidades dos concursos públicos

Saiba mais sobre o IMP Online

Livros e E-Books

Tenha acesso a todo tipo de material relacionado com sua área de interesse

Conheça

Cursos Online

Clique e conheça os nossos cursos: consultorias, cursos completos, cursos por matéria, etc.

Conheça
Imp Online